O sentido de algo pode estar, em várias situações, localizado naquilo que se imagina como seu exato oposto.

O que é antítese?

A antítese, assim como o eufemismo e a hipérbole, está classificada entre as figuras de semântica, cujo efeito se liga plenamente ao contexto e à intenção pretendida pelo enunciado em questão. Desta forma, sua realização está bastante associada ao receptor, seja na linguagem escrita ou oral.

Esta figura de linguagem consiste em aproximar palavras ou expressões que, segundo a lógica, se contradizem. A aproximação, em tese, deveria invalidar os dois ou mais conceitos propostos, entretanto, o que se obtém a partir desta justaposição é o contrário, pois os valores são enfatizados.

Exemplos de antítese

Curiosamente, à medida que a presença de uma ideia nega a outra, se intensifica o processo de reafirmação de cada uma das proposições ali presentes. Neste sentido, os pares antitéticos – como são chamados estes conjuntos de adjetivos que se negam – exercem uma função de complementaridade.

Exemplo 1

“Onde queres prazer, sou o que dói.”
– Caetano Veloso

Nesta canção, o eu-lírico se enxerga como o contrário daquilo que é necessário para o bem de uma pessoa próxima. Isto não significa, entretanto, que ele está completamente ausente da vida dela por conta disto.

Exemplo 2

“Tanto faz a vida como a morte, o pior de tudo eu já passei.”
– Raul Seixas

O trecho acima exemplifica bem que a oposição de conceitos pode acabar servindo como uma forma de realçá-los. A proximidade e o contexto acabam demonstrando semelhanças e igualdades presentes em duas coisas que, a princípio, são completamente distintas.

Exemplo 3

“É o juízo final, a história do bem e do mal.”
– Nelson Cavaquinho

Neste caso, o compositor aproximou os dois extremos da moral e do caráter a fim de demonstrar mais a fundo as suas disparidades. A antítese surge, inclusive, como o tema central da música, pautando outros valores divergentes.

Exemplo 4

“É o sério e o cômico.”
– Skank

A convivência do sério e do cômico, plenamente opostos, em determinada situação, reflete sua complexidade. Quando algo ou alguém consegue ser ambas as coisas de forma simultânea, acaba ressaltando a sua abrangência.

Exemplo 5

“Eu quero preto no branco!”

No ditado popular acima é destacada uma “vontade” para que a ideia antitética seja exercida, a fim de delimitar aquilo que está sendo estabelecido. De certa forma, definir algo está relacionado a saber o que quer dizer o seu oposto.


Avaliação média: 4.3
Total de Votos: 10

Antítese