O processo comunicativo é permeado por diversos componentes. Eles ajudam a enriquecer a fluidez com a qual as informações são transmitidas.


O que é figura de som?

Popularmente denominadas por figuras de harmonia, estas técnicas são as responsáveis por inserir recursos ligados aos sons na comunicação verbal e também na oral, destacando-se de maneira singular quando comparadas com os outros tipos de figura de linguagem.

As orações, muitas vezes repletas de imagens verbais, ganham uma nova roupagem ao lidar com este tipo de mecânica, pois ela auxilia na criação de ilustrações acústicas muito úteis para as mais variadas finalidades.

As figuras de som geralmente aparecem empregadas com o intuito de representar alguma sonoridade real no texto, dando origem a efeitos que costumeiramente emulam ou retratam elementos presentes na vida real, conferindo maior vivacidade aos enunciados. Além disso, elas também colaboram com inúmeras atribuições estéticas em textos literários.


Principais figuras de som

As técnicas sonoras cumprem papel semelhante em sua aplicação textual, deste modo, todos os tipos de efeitos podem colaborar imensamente com suas representações.

Sendo assim, aparecem como grandes destaques a onomatopéia, que cria uma interessante cópia de alguns sons reias por meio das palavras, e também a paronomásia.


Todas as figuras de som

Os recursos harmônicos são bastante úteis para os mais diversos propósitos, já que a comunicação oral e suas respectivas repercussões são partes fundamentais da língua portuguesa.

Aliteração

“Toda gente homenageia Januária na janela.”
– Chico Buarque

Assonância

“Sou Ana, da cama, da cana, fulana, bacana.”
– Chico Buarque

Onomatopeia

“Vvvvvvvvv…passou.”
– Mário de Andrade

Paronomásia

“Berro pelo aterro, pelo desterro; berro por seu berro, pelo seu erro(..)”
– Caetano Veloso

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 10

Figuras de Som